31.10.07

A liberdade é a minha religião





Ser-se livre é, inquestionavelmente, o maior de todos os bens. Devemos estar gratos por viver numa época em que podemos dizer o que pensamos quanto tal nos apraz, podemos expressar a nossa individualidade, podemos ser diferentes, iguais ou assim-assim. Sim, talvez nem sempre se respeite o conceito da liberdade pessoal. Mas seguramente só o faz quem nunca sentiu a sua falta… por sorte ou por pequenez de espírito.

0 comentários: