12.11.10

Dai-me paciência...


Imagem de Loretta Lux

E pronto, é tudo o que posso fazer. É o karma de uma impaciente...

19.9.10

De volta?!



Sim, ou talvez... eu bem disse que no final do contracto...

Novidades? Bem, muita gente para falar e desembuchar as neuras, muito trabalhinho, pós-graduação e curso de psicoterapeuta (hardcore, muito hardecore!). Viagens e mais viagens (farta da capital, de comboios e da A1!), fins-de-semana sem descanso e muitas noites mal dormidas.

Blog? WTF is that?! Pronto, não havia energia nem necessidade de partilhar, anyway. Criatividade toda esgotada com estratégias psicopedagógicas de combate ao bullying, indisciplina e malcriação em geral (psicólogo= bombeiro sapador).

Depois férias, muitíssimo merecidas. Galiza e Trás-os-Montes em vez de Allgarve. Para a Grécia não houve fundos. Adorei Chaves, bom, lindo, barato e desertificado. Aconselho, era capaz de morar lá, aliás!

Após isto, já repolhuda que nem uma alface, 3 dias de trabalho entes do final do contrato. Notícias das boas, estagiária do PEPAC lá na escola. Ai pronto, isto cria-se empregos para jovens dispensando outros (este Sócrates nem sei o que merecia!), normal, normal... Desmontar o estaminé ao fim de dois anos. Muito, muito deprimente... Desemprego. Ou nem por isso, porque contratos de 11 meses têm que acumular... se se mete o papel, a contagem começa do zero. Pronto. Mudar a morada oficial, não pensem eles que vivo às custas dos meus paizinhos!

Aguardar novos concursos. Para psicólogos nada de nada, devia ter sido fisioterapeuta para trabalhar em escolas. Férias a mais também chateia... Drama, drama, e agora como vai ser? Espera aí que logo vês! De modos que é isto, pessoal! Para onde vou morar agora? Não faço a ideia, mas tenho coisas em casa dos pais, na casa da minha cidade, na casa que tenho arrendada e na casa do namorado, distanciando no total centenas de quilómetros umas das outras. E eu que segundo as minhas amigas, não tenho terra no mapa astral! Sem raízes, sem rumo...

Coisas boas? O meu verdadeiro príncipe chegou entretanto, vindo do Oeste Selvagem. Não num cavalo branco, mas num carro preto. Coisas da vida, irónicas por sinal.

Nota de Redacção: Rocky Balbino, se me estás a ler, isto sem a voz das retretes não tem metade da piada, tá?



16.6.10

O que aconteceu à minha criatividade...


Imagem daqui

Mas não fecho o tasco. No final do meu contracto de trabalho é gajo para ainda me vir a dar jeito...

Nota de redacção: Esperemos que não, anyway.

29.5.10

Here's a (educational) tought!


Imagem de Liarty


A igualdade é muito bonita e a inclusão também, mas para se usufruir de direitos têm que existir deveres, ora essa!

Nota de Redacção: A sociedade é um pêndulo... quando atinge um limite máximo de um lado, vira para o outro. Não esquecer...

19.5.10

Estou para aqui a pensar...


Imagem rapinada daqui
Para que é que queremos nós tanta auto-estrada com um imposto sobre os combustíveis sempre a aumentar e uns salários sempre a reduzir?

E o TGV, se ainda este Domingo o comboio regional ia cheio e o alfa às moscas?

Nota de redacção: Alguém sabe qual o IVA a que estão sujeitas as mulas?

5.5.10

Opiniões à parte


É impressão minha ou isto é para reeleger o Ti Cavaco?

Nota de Redacção: Mas eu sou meia "loura" pá, por isso...

3.5.10

A propósito do derby de ontem


Quando vejo este povo*...


Não posso deixar de pensar o que se poupava em pólvora, F16 e mísseis...


Nota de Redacção: *Independentemente da cor. O cheiro é o mesmo, tá?

27.4.10

Notícias populares

Eu cá só tenho uma coisa a desembuchar...

Mas quando é que chega o meu cheque do IRS, caraças?!

Pois é, quando é para receberem é uma pressa, mas para pagar...


Além de tesa, muito ocupada e cansada em conformidade. Uma animação, portanto.

23.3.10

Saúde mental, mas o que é isso carago?


"Um em cada cinco portuguses sofre de uma perturbação psiquiátrica(...) números que se aproximam dos Estados Unidos" ou "Quase 23% dos portugueses tiveram uma doença mental nos 12 meses anteriores ao inquérito que deu origem ao primeiro estudo epidemiológico nacional de Saúde Mental, apresentado hoje. Os resultados surpreenderam o responsável pelo documento." Ler mais

Surpreendido Dr.? Eu não, olhe que engraçado...

Talvez por trabalhar no terreno, no meio da populaça. Assim tipo serviço público, está a ver? Aquilo que escasseia. Muito!

E aliás, se somarmos a esta percentagem a de ausência de saúde mental, que não tendo um diagnóstico preciso também não é propriamente saúde, nem sei que lhe diga...

Saber, saber, só sei (e o meu corpinho também) o quanto me desdobro e torno a desdobar, em infinitos pedidos e solicitações. Os explicítos e os outros. Crianças, adultos, ciclos transgeracionais. E olhe que trabalho num agrupamento de escolas! Bem no meio da amostra normativa, como vê. É do caracinhas, posso garantir-lhe!

E prepare-se Dr., que então depois do PEC e do respectivo apertanço do cinto (mais?!), lá para 2013 vai ser de ir às lágrimas. Mesmo. Das pouco divertidas.

Nota de Redacção: Bem, até lá pode ser que os Maias tenham razão. Ou então acho que vou mudar de ramo. Ainda por cima somos pagos miseravelmente, nem carreira temos... Ca**õ*s

16.3.10

Lá, lá, lá!


Sol!!!

Eu não disse, hã?!

Lá, lá, lá, solzinho! Lá, lá, lá, calor! Lá, lá, lá, Primavera!

Sol no céu, sol na minha janela, sol no meu coração.

Já não era sendo tempo...

Nota de Readacção: Pena são os relatórios para fazer...

11.3.10

Ah e tal...


You Need Acceptance





You aren't truly happy in life unless you are able to accept yourself, flaws and all.

You also need to be accepted by other people. You like feeling you belong and that you're not being judged.


You are a welcoming and open minded person. It's not hard for you to accept others for who they are.

You believe that everyone is happiest when we live without judgement or prejudice. And you're doing your part to make that happen.

Há quanto tempo não ia um quizz?
Nota de Redacção: Cansaço extremo=falta de criatividade

O Amor...


Imagem daqui

Cada vez mais me convenço que a minha amiga L. tem razão, o amor é mesmo "o" curandeiro universal. Qualquer tipo de amor pode curar, e pode curar tudo. O amor ao nosso próximo, a amizade, o amor na relação terapêutica, na relação de ajuda. O amor filial, o amor romântico. Qualquer amor vale!

E esta certeza que se tem vindo a construir dentro de mim (e também à minha volta) faz-se sentir segura, confiante. Porque posso não saber muita coisa, mas (felizmente!) sei amar.

9.3.10

PEC*?!


Imagem proveniente daqui

Xiiii... agora é que o Zé vai ficar mesmo espalmadinho.

Ok que é necessário e tal, ok que a CEE impõem limites ao défice, bem sei. Mas só duas perguntinhas, pode ser? Três, vá?

Os políticos vão deixar de ter carros topo-de-gama-modelo-do-ano e ajudas de custo para tudo, (quase!) incluindo comprar cuecas? E os "gestores de topo" das empresas públicas, vão deixar de ganhar absurdos? E voltarmos a usar o escudo, não pode ser?

Xi...

*Nota de Redacção: O dito Plano de Estabilidade e Crescimento

4.3.10

Yupi!!!



É de mim ou hoje (já) foi o primeiro dia de Primavera?!

12.2.10

Façam-me um favor


Não me venham falar de 25 de Abril, 28 de Novembro e afins. Não me venham falar!

Para quê, povo passivo, deprimido, pessimista? Povo roubado e violado. Meu povo ignorante. Pobre.
Uma classe de gente politicamente alinhada e cada vez mais endinheirada. Gente segura e impune. Sem medos e sem vergonha. Gente sem ideias, excepto algum egocentrismo e muito chico-espertismo. Alimentando os negócios de topo num mercado imobiliário em recessão. Carros velhos e veículos topos-de-gama orgulhosamente lustrosos, lado a lado, num país que se diz europeu. Democrata.
Tristeza e resignação em vez de revolta. Desemprego e desespero, fome. Discussões e famílias deprimidas, crianças angustiadas com a situação dos pais. Jovens sem perspectivas excepto entreter o dia-a-dia.

Injustiça, muita injustiça. Desconfiança. E agora insegurança, medo.
Onde vamos parar? Que vai ser de nós?

Nota de Redacção: Não sei se vou ter filhos assim... deprimente.

11.2.10

Olha que caracinhas!


Acabei de ver um anúncio idiota na televisão...

Qualquer coisa como "Coma Ke**gs ao jantar e vai ver a sua vida (ou disposição, ou quê) a mudar!"

Não pude deixar de visualizar um fardo de palha. Mas, ainda assim, gratinado e acompanhado com vegetais salteados...
Será que a tal mudança tem a forma de orelhas? Das compridas?

Nota de Redacção: Mau-humor, everyone, maus fígados.

9.2.10

É uma treta...


O que é hoje, não será amanhã, e nem tão pouco é o mesmo de ontem. Tudo o que floresce, logo murcha. E o que nasce... também morre. O que sobe, logo desce... e por aí vai.

No fundo é como diz a Rita Lee... "tudo vira bosta!"

Nota de Redacção: Uma sábia, a Rita. Louca, mas sábia.

4.2.10

Macacos me mordam


Imagem daqui
Se por mim ia um cêntimo a mais, que fosse, para a Madeira!


Vergonha...

Nota de Redacção: Uma palhaçada esta política portuguesa. E de cabo a rabo! Ai os meus ricos impostos...

Ah...e já agora!


Outra coisa que não me sai da cabeça é que este miúdo tem que ganhar os Ídolos. E porquê? Exactamente porque aquela versão de Pearl Jam que ele cantou nos castings também não me sai da cabeça.
E também porque não resisto aos 90's!

Nota de Redacção: Saudosismos e tal... estou a ficar velha pá!

Prémio da Ju... e desafio.


Obrigada Ju e desculpa lá o atraso, que isto não anda fácil.
E como tal, vou passar a todo o pessoal aqui ao lado e pronto, that's it!

E quanto às 10 coisas que não me saem da cabeça?
Bem, então a ver...

1 - Que o Inverno está a ser tramadex este ano...
2 - Que acabe depressa, carago!
3 - Preciso de dormir. E muito... zzzzZ
4 - E de ir às compras. Rapidamente.
5 - Acho que tenho que ganhar mais dinheiro! Ou fazer menos viagens. Bolas!
6 - Para o ano tenho que procurar um agrupamento mais pequeno... (ufa!)
7 - Mas a malta lá é mesmo porreira... damnt it! Nunca se pode ter tudo?
8 - Hum... cheira-me que sou um bocado egocêntrica.
9 - Mas que se lixe também! Quem não gosta... borda do prato!
10 - Que há outras coisitas nesta cabeça mas que são só minhas, pronto!




Nota de Redacção: Ó Ju, tu nem me fales em pijamas! Nem da Victori'a Secret... Celeste's secret: nem daqui a 10 anos arrumei todo o meu stock pá! Credo! E tenho primas lá nas Américas...

2.2.10

Cuequinhas cinzentas? Hum...


Espera aí... mas então não eram brancas?!

Nota de Redacção: As mães, mesmo quando são a pain in the ass, fazem muita falta... e as empregadas domésticas também. Damn it!

29.1.10

Bom fim-de-semana!


Vai ser um luxo, um fim-de-semana para mim. E, acima de tudo, para celebrar a amizade verdadeira, que não é nem mais, nem menos que (uma forma de) amor.
Mix mailinda, estou a caminho! Prepara o "meu" quarto... e a língua... Yéééé
A vida é boa de se viver, apesares...

Nota de Redacção: Pronto, já estou bem-dispostinha. Desculpa lá, ó FF. Zito.

Há gente muiiiito interessante!


Imagem daqui

O cantor FF (um moço da família dos moragos) responde ao CM que o seu maior medo é falhar a qualquer nível, que nunca contou uma mentira grave, a maior loucura que fez por alguém foi escrever uma canção (hã?!) e o sítio mais exótico onde já fez amor foi na Costa da Caparica.

É pá... num sei. De repente, três pensamentos, a saber:

1) Ui, se fosse mais nova apaixonava-me de certezinha!
2) Para cantor, não sei se prespectivo aqui muito talento criativo...
3) O que lhe vale é que ainda é novo e tem tempo para tarimbar na vida. Saír da Costa da Caparica e isso.

Nota de Redacção: Nem todas as pessoas podem ser tão fascinantes como os meus leitores... pfff

Obrigada pá!


Sois mesmo porreiros, todos! Gente à maneira, realmente.

Cá um abracinho pessoal!

Nota de Redacção: A foto está muito bem posicionada para chegar ao júri!

27.1.10

Hei pessoal, toca a votar!!! Please?


Imagem de Fátima C.
Uma gaja fixe lá da escola (muito fixe mesmo, daquelas que diz "boooom diiiiiaaaa!" mesmo quando chove e farrusca) é fotógrafa amadora. E das boas, daquelas que conseguem milagres com a lente. Tipo transformar pessoas normais em modelos, estão a ver?
Esta imagem chama-se encharpe e está no concurso de fotografia do Diário de Notícias. A primeira votação é da responsabilidade do público e as mais votadas serão posteriormente avaliadas por um júri.

Assim, podiam ser porreiros e votar na imagem da Fátima! Sim? Pode ser? Claro que sim, vocês são o máximo, gente mesmo como deve ser...
Nota de Redação: Quem são os blogfriends mais fixes do universo, quem são hã?!

22.1.10

Soltar de dentro


Às vezes suspeitamos que existe um plano para cada um de nós. Sentimos como que mil cores nas nossas mãos, ideias a fervilhar, emoções. E medos, e forças, e planos. Tanta coisa para viver, tantas decisões.
Crescer é assim mesmo... Olhar para dentro de nós e soltar todas as cores que temos cá dentro. As belas e coloridas... e as outras.

Sporting Clube de Portugal... forever!


Os rapazes andam a portar-se mal, mau, mau! Foi um bocado vergonhoso e era escusadíssimo... mas o meu clube continua a ser o meu clube. E um clube digno, apesar de tudo.

Nota de Redacção: Talvez por causa de
gente assim... e se o visconde fosse gay, qual era o problema?! Enfim...

17.1.10

Here's a (another) tought!


Imagem daqui
Se há alguma coisa que me irrite mais que gente pouco inteligente, é gente pouco inteligente e convencida.

E o amor? E o amor hein?!


Imagem daqui
Apesar de ter dormido bem e tudo, estou triste pá! Desde que soube que o Armando Gama e a Valentina Torres estavam separados que fiquei assim...
Esse casal perfeito, símbolo de que o amor tudo conquista e é ceguinho como um morcego. Esse casal que personificava o encontro da alma gémea e que provava que o verdadeiro amor é o espiritual. Aquele casal que me garantia que poderia envelhecer e engordar à vontade e continuar a ser amada!

E depois como é que querem que uma gaja continue a acreditar no amor para sempre, posso saber?!
Humpf!
Nota de Redacção: E nem me digam que os Broa de Mel também se separaram!

Zzzzzzzz


Imagem daqui
Hoje, finalmente e após 15 dias a lapidar no sono, consegui dormir 10 horinhas seguidas.

Yééééé!!

Más notícias? Cheira-me que só se repetirá daqui a mais 15 dias, na melhor das hipóteses.

14.1.10

Here's a tought!


Imagem daqui
E se o Pedro não fosse um menino leviano e inconsequente? Se, no fundo, nem tivesse mau carácter? E nem lhe tenha ocorrido que os outros também têm prioridades próprias, receios, objectivos, sentimentos. Orgulho.

E se Pedro fosse apenas um menino triste, um menino invadido por uma angústia abandónica? Talvez se sentisse só... muito só. Farto da companhia de ovelhas, cheio de medo dos lobos! Talvez precisasse de confirmar que os outros estavam lá para ele.

E se Pedro fosse inseguro, imaturo, egocêntrico? Vazio apenas... Frágil.

13.1.10

Pâ quê perder tempo?


Ele há dias em que bom bom, era enfiar os dedos numa ficha eléctrica e pronto, estava-se reabastecido de energia!

E pronto, era isso.

11.1.10

Ai, ai e ai!


Ó S. Pedro da minha alma, se nos queres trazer o tempinho da Noruega... por mim tudo bem. Mas tem que vir também a economia, e já agora a segurança social e a taxa de empregabilidade! Got it?

Ou isto agora é tudo mau, hein?!

Nota de Redacção: Dassssse!

7.1.10

Sim à adopção!


Porque as crianças devem ser amadas e não armazenadas em instituições, sem criarem vinculações securizantes.

Porque os estudos que existem na área da Psicologia da Família sobre filhos de casais homossexuais apontam para a inocuidade da mesma. Ou seja, a percentagem destas crianças com problemas emocionais, comportamentais ou com dificuldades de aprendizagem é exactamente a mesma que na população em geral. Relativamente à orientação sexual, a percentagem de homossexualidade é também a mesma que nos filhos de casais heterossexuais.

Porque há homossexuais organizados, estruturadas, capazes de nutrir emocionalmente uma criança. Da mesma forma que há heterossexuais que não o são.

E, finalmente, porque uma criança precisa de é de amor e segurança! Quem lhe dá essa tranquilidade e essa plenitude, quem lhe dá uma (verdadeira) vida? Who the hell cares?!

Nota de Redacção: As crianças não, certamente. Por isso quem somos nós?

4.1.10

Mesmo bom, mas mesmo mesmo bom...


É o nosso computador apanhar uma virose daquelas bravas logo no primeiro dia do ano!

Isto sim, é começar em grande.
Nota de Redacção: O Pai Natal foi forreta e trouxe um gps em vez de um novo. Mais baratinho, sabe cumé...