29.12.09

E pronto, se não vos vir até lá


Desejo-vos boas entradas, com muita alegria e no meio de pessoas queridas. Amor, amizade, saúde, dinheiro, e tudo, e tudo!

Para mim, pelo menos, é um ano relativamente ao qual tenho muitas expectativas, tanto a nível pessoal como profissional. Se 2008 e 2009 foram bons (thank you very much!), este espero que seja a cereja no topo do meu bolo.

Viva 2010!

Então sendo assim, diverti-vos pessoal, muita energia e pensamentos positivos!

Celeste, a traumatizada


Programa da manhã da TVI (que cá no Credo são só 4 canais!). Uma espécie de tertúlia rosa. Discutia-se o caso da moça que tentou agarrar o Bento XVI e as falhas na segurança das figuras de estado. Veio à baila um episódio com o Obama (não sabia de nada, férias são férias!) e relembrou-se a tentativa de homicídio de João Paulo II. Aí a Lilicas histrionicizou..

- Já viu Manel, que mundo é este? Que mundo é este em que o homem que tentou matar o papa está agora aí, em liberdade? - Indigna-se e esganiça-se a senhora.

- Ai e tal, mas foi o próprio papa que o perdoou. - Lá lhe diz um da Câmara Pereira, despachado. E ele que até é gente que aprecia reis, papas e cardeais.

- Mas tentar matar o papa? E está em liberdade, por aí? Já viu que mundo este? - Senil, volta ao ataque...

- Mas olhe que ele cumpriu a pena! - Argumenta impaciente o Goucha, como quem diz "ai cala-te lá mulher que temos que avançar o programa!".

- Mas o homem tentou matar o papa. E está solto! - Hã!???

Porra pá, ca burra!

E tenho a dizer que adoro estes católicos capazes da graça do perdão e da compaixão. E cultos, ainda por riba.

Nota de Redacção: Pá, não fiquei mesmo, mesmo traumatizada, era para dramatizar. Mais irritada com tanta estupidez. A foto é daqui, e leiam que parece que a católica também traficou armas. Diz ela.

27.12.09

Parabéns a você


O meu amigo Lolas é uma pessoa muito especial. Foi alguém que me ensinou coisas fantásticas numa fase da vida (e numa cidade) em que já pouco tinha a aprender com colegas de trabalho. Ou eu assim pensava. Enganei-me.

O que me ensinou ele? Fundamentalmente a força do espírito, a resiliência, o instinto de sobrevivência. E a importância de relativizar os pseudo-dramas da vida.

Além desta grande força de viver, o Lolas é muito divertido, assim de ir às lágrimas! Tem um sentido de humor apuradíssimo, por vezes corrosivo e nem sempre politicamente correcto, mas tudo se releva perante a genialidade.

É também de uma pessoa muito sui generis na sua constelação de interesses, o que o torna ainda mais cativante. Ao mesmo tempo que escreve para revistas de inspiração artística vanguardista é o rei das toalhas e do marketing numa multinacional de fitness, e ao mesmo tempo que adora decoração, também se empaturra no McDonald's e alinha em orgias consumistas. Gosta de viver a vida, e é simplesmente isso. Aceita-a e aproveita ao máximo o que esta lhe dá. Como a história dos limões e da limonada, mas personificada e perfeitamente empírica. Tem uma saudável flexibilidade mental e uma criatividade imensa, e isso ajuda a saber viver.

Além do resto, é um excelente amigo, preocupado, atento. Daquelas histórias em que a esta espécie de amor chamada amizade permanece apesar da distância, das falhas na rede de telemóvel, das coisas e coisinhas quotidianas. Apesar do comodismo que se instala vergonhosamente nas nossas vidinhas.

Parabéns amigo Lolas! Abracinho forte...

25.12.09

E no Natal, cá no Credo...



Há um igualzinho a este. Só falta mesmo a neve!

Os gatos são muito engraçados (adoro!) e o livro com as magníficas ilustrações de Simon Tofield dava um bom presente de Natal.

Anyone?

Nota de Redacção: Continuação de bom Natal.

24.12.09

E tenham então um feliz Natal


Com muito amor, harmonia e saúde, que isto é como dizem os mais velhos, sem ela nada.

E já agora cheio de prendinhas, se possível...

23.12.09

Ooops...


Imagem daqui
É pá, já vos aconteceu receberem sms's de Natal de números que não conhecem? E que, apesar de assinadas, os nomes continuam a não acender nenhuma luzinha?

É que não faço a mínima...

17.12.09

Oh happy day!


Imagem daqui
Ando muito cansada e logo sem grande vontade de botar faladura aqui, mas a ocasião merece carago! Que eu escreva, e que escreva bem.

Fui criada numa terra do interior, no centro norte do país (o famoso CREDO!) e, logicamente, com toda a panóplia de valores culturais inerentes, incluindo os católicos apostólicos romanos . Quando fui estudar para a "minha" cidade, já adolescente, levei um choque daqueles. Não tecnológico, mas quase tão espectacular! O cigarro de enrolar era droga, as pessoas não eram todas sérias e os betos é que eram mesmo boa gente. Ora, f@2i-me!

E não é que as coisas - e as pessoas, my favorites! - não eram o que eu pensava?! E os pais do meu melhor amigo, que por acaso era tudo menos beto, eram comunistas? Oh crise existencial, ai, ai, ai, o que é que faço? Cresci, ora pois, que eu cá não sou pessoa de me fechar. E muito menos ao meu pensamento.

E assim começou o meu percurso no maravilhoso universo das motivações humanas, dos afectos, da tolerância. Por este caminho sigo, e daqui ninguém me tira. Bem... só mesmo o mau carácter é que ainda... coiso. Bah...

Os homossexuais, gays, whatever o nome técnico, pessoas com uma ligeira diferença na sua intimidade, cruzaram pela minha vida algures nesse percurso, mas depois dos comunistas, da malta dos palop, das pessoas com psicopatologias e dos toxicodependentes (se é que há diferença!). E foi na altura certa.

Tenho aqui a confessar que, antigamente, lá no século passado e nos verdes anos, me afligia um bocado a ideia de me apaixonar por um rapazinho e depois ele ser gay e não gostar de mim. Ainda mais eu, que gostava deles sensíveis... Claro que iria arrasar a minha frágil auto-estima, a mim que era romântica. M-e-d-o!

Anyway, como fui observando pessoas e desenvolvendo sempre a minha capacidade de empatisar com o outro, chegou um belo dia que eu própria desenvolvi a (tal!) capacidade de perceber quando um homem, ou até uma mulher, é gay! Tss, tss, fácil, fácil. Foi logo após conhecer bem a sexualidade e os homens, os heterossexuais. Se não olhava para mim com "aqueles" olhos, havia uma certa probabilidade de não gostar do produto. (Sim, eu era um belo espécime, e ainda sou, ora!)

Pronto, problema resolvido! E quando conheci amigos homossexuais achei-os pessoas fantásticas, super-divertidos e muito boas companhias para ir às compras e falar da vida. Não falam de motas e de futebol, caneco! E com a vantagem da amizade não ter intenções subliminares.

E pronto, adoro-os. Não a todos, claro, que também os haverá de carácter duvidoso com toda a certeza, mas no geral é gente bem divertida e emocionalmente consistente, pelas situações difíceis que tiveram de enfrentar e ultrapassar.

Relativamente ao medo que motivava o meu desconforto (no milénio passado!) era tudo bem escusadinho se a sociedade fosse diferente e todos pudessem assumir as suas preferências desde sempre, de forma natural.

Hoje foi o início desse caminho. Parabéns a todos os que esperavam este momento para oficializar os seus afectos! Parabéns aos outros, que ainda o procuram mas que já podem sonhar com um dia assim. E parabéns aos portugueses que, como eu, fizeram um upgrad cultural e civilizacional.


Parabéns pessoal!!! E depois quero um convite pró copo de água, não esquecer...

PS: E, dos gajos sensíveis, ainda sobram para mim os artistas e os cientistas sonhadores!

16.12.09

O melhor amigo da mulher


Pelo menos nos dias que correm!

O meu chama-se Micas, é de placa cerâmica e supostamente de baixo consumo (vou ver no fim do mês!). Tem rodinhas e, com uma mega-extensão que tenho cá em casa, vai comigo para todo o lado: cozinha, casinha, quarto, sala, etc, etc. Torna-se até giro de manhã, o corropio do pobre Micas!

É o meu novo bichinho de estimação.

Brrrr...

Here's a question...


Será que este tempinho vai ajudar nas negociações da Cimeira de Copenhaga?

18.11.09

Malta da minha alma


Não sei se é da mania (tramada!) de mandar bitaites ou apenas por morar sozinha, mas que tenho saudades quando me ausento, isso tenho...

Nota de Redacção: vou ter que pedir ao Pai Natal um computador novinho e rápido!

Adenda: Sim, porque isto aqui é como uma mesinha de café!

16.11.09

Mas o que é isto, caneco?!

Quer dizer, anda uma gaja cheia de afazeres, sem tempo sequer para ver televisão com olhos de ver, e quando finalmente o faz (pimba!) apanha um SUSTO?!


Mas o que é isto, valha-se S. Antoninho?! A Popota a abanar lascivamente a anca ao som de Buraca? E com as mamocas quase de fora? O que é que aconteceu à doce e fofinha Popota, a amiguinha da pequenada?

E então a esta?

Como é que a Leopoldina, a priminha do Popas, se transformou na Lara Croft? Alguém me explica? É que com um revólver a tiracolo, uma trança preta, e assim substituindo o bico por umas beiças rechonchudas, ficava a Angelina! Tal-e-qual.

Nota de Redacção: Anyway... ainda bem que não tenho crianças, que isto o mundo está a ficar muito, muito confuso...

20.10.09

Post para encher chouriços


Formação 1 + formação 2 + formação 3 = 0 fins-de-semana

0 fins-de-semana + professores + pais + miúdos = 0 paciência + 0 inspiração

Volto quando (e se!) possível...

*suspiro*

15.10.09

Reflexão sociológica


Imagem daqui

Cenário: Jantarada-convívio com colegas de trabalho.

Pérola: "É pá, eu gosto de vocês. São assim como os alentejano, mas em versão mais alegre e mais acelerada!"

Conclusão: O vinho do Ribatejo não perdoa...

14.10.09

Maitê ou a grandessíssima idiota!


Para quem não tevo o desprazer de ver e ouvir o tom jocoso desta criatura ignorante a falar de Portugal, está aqui.

E no seu blog pessoal ainda acrescenta:

"E não falei mal de Portugal, amo Portugal, os portugueses, tenho amigos e visito o país sempre que dá. Meus livros são publicados na terrinha e vendem muito BEM.

(Na terrinha?!!! Parem de comprar o livro, por amor da santa! Antes o da Carolina Salgado.)

E sim, é verdade, Silvio de Abreu ligou, conversamos muito (somos amigos de anos e anos, nos admiramos desde sempre) e vou fazer a novela dele, Passione. O persongem é bárbaro, começo a gravar em janeiro. (Janeiro!!!)
Outra hora conto detalhes."

Eu dispenso detalhes e dispenso igualmente a novela. Espero que a Sic faça o mesmo.

E olhe, a senhora vá mas é retocar o botox, que o tempo da Dona Beija já lá vai há muito tempo.

Nota de Redacção: Nem todos os brasileiros são assim, atenção! Há-os bem formados e de sentido de humor refinado.

12.10.09

A felicidade...


É uma coisa difícil de se apanhar. É que teima em passar sempre a correr...

Temos que apertar-lhe a malha!

11.10.09

Ora ca porra!


Artesanato de Bernardete Marques

Dado a que a vida anda cara, não me apeteceu ir ao Credo natal votar. Gasolina e portagens, tudo bem contadinho, dava à vontade para um bom jantar. A dois.
Mas fiquei com uma certa pena de não ir votar para a junta de freguesia, já que na câmara é sempre a mesma m$rd@.

Assim como assim, foram estes os resultados, fresquinhos e pescados aqui na net.

Votantes: 58,19%
Votantes: 565
Inscritos: 971

PPD/PSD: 55.93% (316)
PS: 32.57% (184 votos)
CDS-PP: 9.38% (53 votos)
EM BRANCO 0.71% (4 votos)
NULOS 1.42% (8 votos)

Conclusões que me aprazem...

Conclusão 1: Fico um pouco mais descansada porque o meu voto não iria fazer diferença.
Conclusão 2: Ganhou uma lista de palhaçada. E palhacitos.
Conclusão 3: Ainda bem que não moro lá. Desculpe paizinho, mas espero nunca ter que voltar.

Tenho dito.
Nota de Redacção: Isto tem a ver com as pessoas e não os partidos.

8.10.09

Um desabafo...


Estou com tanta vontade de ir dançar uma rockalhada à antiga! De abanar o corpo e os cabelos, de libertar o dark side, deixar a alma a gritar.

Exorcizar as saudades do que já não volta e estas incertezas que me invadem ocasionalmente...

Paris e o bruxo

Então não é que o tal bruxo espanhol que foi "contratado" para arruinar a carreira do CR9, diz que quem o fez foi uma mulher muito famosa e rica. As Nereidas e Nurias estão ilibadas porque, ao que parece, a dita não é europeia e blá, blá, blá, queria vingar-se dele porque o achou muito "barbie" e sei lá que mais. Está contente e vai pagar mais pilim, já que o moço está lesionado. (E está em risco de falhar o jogo da selecção com a Hungria, humpf!).

A imprensa del corazon espanhola já tem uma suspeita...


Ai e tal, parece que foi a tal que disse que o Ronaldo era demasiado gay para o gosto dela. É cada uma que este rapaz escolhe...

O que é certo é que, segundo a minha (fantástica) fonte, a dona Dolores e companhia já contra-atacaram, tendo inclusivamente consultado o semi-famoso bruxo de Fafe. (Malta do Norte, atentai que qualquer dia ainda aí a parece o Ronaldo... e as suas muletas!)

Isto é como tudo... eu cá não acredito em bruxas, pero que las hay, las hay.


Lá se vão as botas de ouro...

Nota de Redacção: Quanto à nossa selecção, nem é preciso ser-se bruxa...

7.10.09

Se a preguiça matasse


Eu estava bem quilhadinha!

É o meu maior defeito, embora tenha fases... Alguém tem sugestões para exorcizar esta inércia?

Uff!

6.10.09

Amália, quis Deus que fosse lisboeta


Independentemente das circunstâncias políticas da época (e do aproveitamento de alguns) ou do que se possa pensar do fado enquanto género musical, esta mulher simples, que aprendeu a cantar enquanto percorria as ruas de Lisboa vendendo fruta, é um ícone incontornável do nosso país.

Mulher sensível, inteligente, consciente da fragilidade inerente à condição humana, fez das suas fraquezas forças. Inesquecível, inexplicáveis os arrepios que emergem ao ouvi-la... ainda hoje. Cantou como quem sente.

Viveu plenamente o seu fado, foi alegre e foi triste, como todos nós.
Partiu há 10 anos, mas continua presente.

Chegou a chuva


Foto de Robert Doisneau
E agora o que é que eu visto pá?

Botas de Inverno? Muito quentes.
Botas de Verão? Estragam-se com a chuva.
Sabrinas? Idem aspas.
Pullover de malhinha? Tenho calor.
Manga curta e casaquinho? E se tenho frio?

Pfffff, drama...
Serei só eu a passar por estas dúvidas atrozes aquando das (efectivas) mudanças de estação? Gaja sofre....

2.10.09

Oh happy day!


Pintura (maravilhosa) de Susana Ribeiro
Hoje foi o tal dia pelo qual esperei durante cerca de um mês e meio. Se tudo correr conforme o planeado, para a semana acaba-se-me a boa vida. E o tédio causado pela falta de uma rotina... Vou ser contratada, vou voltar a trabalhar! E onde queria.

Yééé!

E Sábado vou iniciar-me num (longo) processo de formação como psicoterapeuta!

Yééé again!

Então um óptimo fim-de-semana para todos. E não se esqueçam, se conduzirem não bebam! Ah, e se amarem alguém, façam (a vocês próprios) o favor de lhe dizer, ok?

Nota de Redacção: Obrigada universo, obrigada deuses e obrigada pessoas maravilhosas que têm entrado na minha vida...

1.10.09

Are you kindding me?


Quem é que teve a divina lata de vir para aqui carregar só numa estrelinha, hein?

É claro que eu não me queixo quando aquela pessoa fofinha carrega nas 5 estrelinhas (beijinhos!), mas isto é como tudo... quem disse que a natureza humana é grande coisa? Não vêem os políticos?

Ah, mas eu também só não acabo com a treta do estrelado porque sou ignorante e não sei, ok? Ajuda, anyone?

Nota de Redacção: Está bem que o post não estava grande coisa, mas quem não gosta que desampare o tasco. Cada uma... Esoj, se foste tu está perdoado!

30.9.09

Agora coça!


Isto é absolutamente tramado, para mim e para o Miminho. Por tê-lo ao meu colo apenas um bocadito, estou com o nariz feito em caca.

Fora de brincadeiras, ser alérgica aos ácaros é uma treta. It SUCKS!

Nota de Redacção: É que eu sou alérgica e ele, com 13 aninhos, depena-se...

Nada de novo



Em cima do ovo.


Mas deve estar para breve. Espero...

Nota de Redacção: Para quem perguntou sobre trabalho.

29.9.09

Parabéns miguita!


Cartoon de Quino, claro!
A Mafaldinha é uma das minhas bandas desenhadas preferidas de sempre e faz hoje 45 anos. Além de irreverente e engraçada, continua sempre actual.

Não é?!

28.9.09

Eleições 2009...


Cartoon de Rodrigo (expresso.pt)

Agora que já elegemos o parlamento para os próximos anos, podemos finalmente continuar com as nossas vidinhas.

E descansados...

Humpf!

27.9.09

Independentemente do voto


Não se esqueçam é de levar uma caneta vossa, que a comissão nacional de eleições não pensou da pandemia.

Era o que nos faltava, hein... além de apanhar com um governo, ainda apanhar a gripe A !

25.9.09

Tá bem tá, querida...


Imagem daqui

Então não é que, na apresentação dum desses programas fofinhos com que a Sic nos brinda após os almoços de fim-de-semana (devem ser digestivos!), esta mocinha aparece a dizer qualquer coisa como:

Cof, Cof

"As pessoas pensam - ai, porque é que ela estragou tudo! As pessoas gostavam de ver-nos juntos, queriam muito ver um final feliz, ver-nos casar. Mas nós somos de carne e osso, como toda a gente. "

WHAT THE FU&K?!

Sim, claro. Eu cá nem pensava em mais nada a não ser nesta bela história de amor. E mais, apanhei um desgostinho que ui! Oh pá, de carne e osso, a sério?! Gente tão importante e gira? E eu que pensava que eles eram de m... chocolate!

Pffffff!

Nota de Redacção: Estes momentos pós-almoço são digestivos porque funcionam como vomitómetro romano, né?

24.9.09

Isto sim...


Imagem:Belmiro Pimentel
É coragem!

Eu vi na Fátinha Lopes (sim,sim, ainda estou desempregada e não tenho tv cabo!), mas podem ler tudo aqui.

A luta pela dignidade de um agente da PSP que, por acaso, é homossexual. E, pareceu-me a mim, alguém muito decente e cheio de valor.

Isto é que é de homem, e não (apenas) ler a bola e beber bejecas!

Clap, Clap, Clap

Nota de Redacção: Convenhamos que não deve ser fácil, ainda mais trabalhando na cidade do Porto...

23.9.09

WTF?!

Ontem, no programa Câmara Clara, a Paula Moura Pinheiro, essa grande fofinha, suou as estopinhas para conseguir realizar a entrevista (possível) a Paula Rego.


Imagem daqui

Hum... será Alzheimer?

Nota de Redacção: Mas que a sra. é uma artista, é!

22.9.09

Chiuf...


Imagem daqui
Tinhas mesmo que vir? Tinhas?

Começam as camadas de roupa, ainda por cima a terem que combinar minimamente, chapéus de chuva, botas pesadas e narizes frios.

E este ano também a gripe... bah!

Nota de Redacção: Coisa mais boa...

21.9.09

Ó osguinha de estimação...


Imagem daqui

Valha-me Deus, será que este nunca mais se cala? É que não há maneira de se afeiçoar às pantufas... Porra, rais parta as pilhas duracel!

Ai agora o "Sócras (já) é fixe"?!

Pffffff, não há pachorra...

Nota de Redacção: Se fosse bom, já cá não estava...

17.9.09

Conterrâneo, carago?


Então não é que as últimas investigações dos historiadores reforçam a ideia que o fundador da Pátria, aquele que muitos defendem que devia era ter estado quietinho, nasceu na mesma terra que a Celeste?

Xi, coitadinho...
Nota de Redacção: Ai dele se fosse gay, de esquerda ou tivesse uma religião (ou whatever!) diferente. Bem, pelo menos não lhe faltariam, certamente, os padrinhos na política.

16.9.09

RIP


Deste tive pena... Todos nós iremos um dia, mas o Patrick Swayze ainda cá fazia falta e era alguém que enfrentava a vida com coragem e optimismo.

14.9.09

Eis a dúvida existencial...


Imagem subtraída daqui
Oh pá... novidades ainda nada. E o carro a precisar de oficina, a renda a aparecer aí e o subsídio de desemprego que é uma miséria.

Começo a ser invadida pela dúvida atroz de ter que escolher entre a lealdade dos afectos e... a da carteira! Esperar que a "minha" escola consiga financiamento (seja lá da entidade que for!) para me contratar, ou ir a entrevistas e comprometer-me com outra.

Eles são uns queridos e têm feito o possível, chateado quem de direito a bom chatear. Mas estou a ficar cansada desta espera angustiante. No fim do mês posso ter que mudar as minhas (muitas) traquitanas para outro poiso... tenho mesmo que olhar para o fim do mês e saber como vai ser a minha vida.

Se eu fosse um bacalhau, já estava delimado. P*/& de vida!

5.9.09

Em resposta às vossas questões...


Imagem: The waiting girl, de Loretta Lux
Pois, continuo à espera, não há novidades. Tirando as dos costume nestas ocasiões: plataforma informática de contratação, inscrição no centro de emprego (e as devidas apresentações quinzenais a 250 Km), fotocópias, concursos, diários da república, autenticação de certificados e cartas registadas com aviso de recepção.

E ainda alguma esperança de ainda poder ficar por aqui, pela lezíria ribatejana, onde encontrei gente boa e calorosa que me fez sentir em casa.

Alegre e amante da liberdade, este povo. E das touradas, é certo, mas desde que não me arrastem a mim, cada um faz o que quer... né, ó Marilu, mulher dos toiros?

É que começa a saturar, isto de andar sempre com a casa às costas como o caracol...

27.8.09

Momentos de Angústia...


Cagufa mesmo! Com esta história dos técnicos das escolas terem, entretanto, transitado para a tutela das autarquias... e a minha situação continuar (até agora) por definir.
É que a única palavra começada por "c" que possuo será (talvez!) "competência". E não costuma valer grande coisa cá no burgo, né?
Ai...

Nota de Redacção: Já estou a pagar por ser má língua, oh pá!

22.8.09

Eu nem costumo ser má língua, mas...


Acabei de ver a entrevista desta figura a um programa da Sic e não posso deixar de dizer que fiquei enjoadinha de todo! Eu, para quem ela era pura e simplesmente indiferente.

A moça foi lágrimas e beicinhos porque nunca foi menina, ai e tal, passou logo a adulta, porque ouvia chamarem-lhe parola do norte, porque nunca foi rica, e blá, e blá, e blá. Coitadinha... que nunca teve cunhas nem nunca dormiu com ninguém, blá, blá, "os de lá de cima "é que a ajudam e protegem, porque é tão odiada que até terra do cemitério lhe põem na porta. E que essas pessoas que não gostam dela é que são ser infelizes e acabarão por ser castigadas, e blá, e blá, e blá.

E a palhaçada continuou, lagriminhas e foleirices até entupir a paciência. E eu, grande desocupada do caraças, a ouvir.

Vou ali vomitar e já volto, ok?

20.8.09

O porquê de tudo, e porque tudo tem um porquê...


Chegou com o cabelo comprido a esconder-lhe os olhos e o telemóvel na mão, como se de uma arma se tratasse. Uma arma contra a invasão da sua vida interior, contra intromissões indesejáveis.

Corpo de menina, roupa de mulher. Olhos pintados de negro e piercings cor de prata a enfeitarem-lhe o rosto triste. Olhar cabisbaixo, sorriso tímido no canto dos lábios.

Uma criança-mulher de 14 anos. Ou será mulher-criança? Uma vida difícil, desamparada, desprovida de afectos seguros. Álcool, drogas, experiências de deslembrança… Vontade de mudar, de encontrar um caminho, de saber quem é. Fragilidade. Muita solidão.

Duas horas de conversa, de partilhas, também minhas e dos que fui conhecendo ao longo da vida. Como exemplo(s). Ou agora os psicólogos não têm vida? Ora essa…

Um à vontade progressivo, uma cabeça que se foi levantado e uma boca com sorrisos já rasgados. “Oops, tratei-a por tu!”

Reflexões conjuntas, uma ideia muito importante. Miúda, antes de mais nada, tens que ser a tua melhor amiga. Sim, que isso de desculpar aos outros aquilo pelo qual nos auto-flagelamos não está com nada! Lembra-te disso naqueles momentos.

Votos sinceros de boa sorte e um folheto com o meu mail escrito a caneta azul, daquelas oferecidas pelas escolas profissionais, e que escrevem fininho. Devem ser mais baratas, digo eu.

“Obrigada!” Então porquê? Pfff, foi um prazer miúda! E acontece que ainda me pagam por cima. Entendo-te e aceito-te como és. Valha-me Deus, a culpa não é tua! A vida é que é difícil. E para uns um bocadinho mais que para outros. Tem cuidado, há cenas que só alimentam as nossas sombras. Boa sorte!

E sim, é nestes momentos que sei que adoro o que faço. E sou feliz!

19.8.09

Enfim...


"O alerta surgiu após a RTP e a SIC terem noticiado esta quarta-feira o caso de uma menor de 17 anos alegadamente violada que se deslocou ontem à noite ao hospital de Santa Maria, em Lisboa. Foi pedido à menor que esperasse até às 08h00 sem beber água, tomar banho ou lavar os dentes para não eliminar eventuais vestigíos uma vez que, em Agosto, o IML não dispõe de peritos disponíveis durante a noite e os médicos de Santa Maria não realizam este tipo de peritagens."
Daqui

É o CSI à portuguesa, o verdadeiro.
Ou será apenas tortura?

Anyway, não posso deixar de pensar... e se fosse a filha deles? Ou da ministra ou dos administradores? Hein?!

Nota de Redacção: Mais uma vergonha terceiromundista...

15.8.09

Voltei de lá!


E pronto, foi bom enquanto durou mas está-se a acabar. De qualquer forma, passo por aqui para dizer que correu tudo bem lá no sítio onde passam férias os ingleses pobres e os portugueses remediados.

Ó p'ra mim tão pimpona, em estilo "quem quer casar com a carochinha lilás".

Muito sol, sardinhas e vinho verde. E também um almoço muito agradável com a Denise, que isto as amizades blogosféricas são do melhor que há.

Agora é queimar os últimos cartuchos e voltar ao trabalho. Felizmente.

31.7.09

As boxes, finalmente...

Este ano tem sido pesado... muito bom e positivo, mas pesado. Muitas mudanças e necessidade de adaptação a vários contextos, a várias realidades. Duas terra diferentes, dois trabalhos diferentes, muitas pessoas novas. E várias delas fantásticas! Amigos da vida real e amigos da blogosfera.

Apesar do cansaço ser muito, estou feliz. Finalmente faço o gosto nas condições mais ideias possiveis presentemente: contracto de trabalho, com direito a segurança social e subsídio de alimentação. E (segurai-vos bem!!!) num sítio com bom ambiente!

Assim, e apesar dos apesares e de nada ser completamente perfeito, acho que não me posso queixar por aí além, até porque tenho hipótese de continuar onde estou.

Mas tudo isto exige trabalho e muita dedicação, por isso...


E garanto que são merecidas!
Beijos, abraços, muitos palhaços e até ao meu regresso.
Nota de Redação: Com uma cabeça novinha em folha, esperemos...

25.7.09

Vou-me...


Matar saudades do Credo. Matar saudades de casa. Porque é sempre um lugar nosso, onde reconhecemos a nossa essência, as nossas raízes.

Ver a família, saborear a comida, sentir os cheiros da nossa infância. E também dar colinho ao gato mais meigo do mundo!


Nota de Redacção: Lindo ou quê, o meu Miminho?

24.7.09

É vero! Ou bera...


Imagem daqui

Apesar de não ser professora, vivo, e sempre vivi, rodeada deles (oh karma!). Então, nos tempos que correm, e devido às grandes mudanças que se vivem na educação(?), até a mesa do café ou a esplanada da casa da amiga servem para arranjar uma espécie de mini-conselho de docentes. O assunto é (quase) sempre o mesmo: indisciplina e estatísticas.

Confesso que sinto por eles...

22.7.09

Oh my Dog!!!!!


Lady pá, onde andas? Quem te fez mal, carago?

Então hoje fui para visitar um blog que adoro, de uma miúda absolutamente genial e divertida que escreve maravilhosamente bem, e.... tinha desaparecido!!!

Tanto blog aí para desaparecer, logo tinha que ser o teu?

Volta Lady! Oh my Dog, e agora que fazemos nós sem ti, hein?

Here's a thought!


Imagem daqui

Às vezes faço tantos filmes que acho que me enganei na carreira... Nunca vos acontece?

Pfff!!!

Cansativo...

21.7.09

Com heranças destas... ó pá!


Da cultura Grego-Romana herdámos os nossos valores (ditos) ocidentais de democracia e pluralismo. E um sentido artístico apurado, e obras de arte de lhe fazer justiça. Uma mitologia inspiradora capaz de influenciar as teorias dos psicanalistas e filósofos pós-modernos. E os genes, claro!

E eu, como sou chique, herdei uma tal de Talassemia minor (felizmente!), que é como quem diz, uma anemia congénita que me fez andar de língua de fora nas últimas semanas. Ai e tal…

Obrigadinha aí, ó antepassados. Mas fiquem a saber que se, por acaso, voltar a existir uma pandemia de malária por estas bandas, eu fico em vantagem, pronto!

Até lá, comprimidos de ferro em alturas de cansaço. E operação biquíni 2009 abortada.

Nota de Redacção: Fo&%$##!