11.3.10

O Amor...


Imagem daqui

Cada vez mais me convenço que a minha amiga L. tem razão, o amor é mesmo "o" curandeiro universal. Qualquer tipo de amor pode curar, e pode curar tudo. O amor ao nosso próximo, a amizade, o amor na relação terapêutica, na relação de ajuda. O amor filial, o amor romântico. Qualquer amor vale!

E esta certeza que se tem vindo a construir dentro de mim (e também à minha volta) faz-se sentir segura, confiante. Porque posso não saber muita coisa, mas (felizmente!) sei amar.

4 comentários:

Esoj disse...

Cum carago, ó Celeste!

Sofia Feliz disse...

Saber amar é, de facto, o mais importante do mundo!

A Flor disse...

Absolutamente verdade! Quem sabe amar consegue tudo.

Dama do Sinal disse...

Que lindo! Por ser verdade! :)