22.8.09

Eu nem costumo ser má língua, mas...


Acabei de ver a entrevista desta figura a um programa da Sic e não posso deixar de dizer que fiquei enjoadinha de todo! Eu, para quem ela era pura e simplesmente indiferente.

A moça foi lágrimas e beicinhos porque nunca foi menina, ai e tal, passou logo a adulta, porque ouvia chamarem-lhe parola do norte, porque nunca foi rica, e blá, e blá, e blá. Coitadinha... que nunca teve cunhas nem nunca dormiu com ninguém, blá, blá, "os de lá de cima "é que a ajudam e protegem, porque é tão odiada que até terra do cemitério lhe põem na porta. E que essas pessoas que não gostam dela é que são ser infelizes e acabarão por ser castigadas, e blá, e blá, e blá.

E a palhaçada continuou, lagriminhas e foleirices até entupir a paciência. E eu, grande desocupada do caraças, a ouvir.

Vou ali vomitar e já volto, ok?

4 comentários:

Sofia Feliz disse...

Também ouvi alguns segundos e ía vomitando. Nunca gostei da pessoa, ainda para mais quando parecia o lobo com pele de carneiro da Floribela... agora voltou a ser a "ingénua" coitadinha que dá ânsias :P

Paula disse...

Ó manhe! As minhas fadinhas num me ajudam!!!
Manhe...
Ai Floribella, Floribella...
:)

Ju disse...

Não sei como ela tem enganado tanta gente à tanto tempo.
Eu conheço-a desde o ínicio da floribela, trabalhei com ela e sempre foi falsa, fazia impressão.
Mas enfim... as faduchas vão ajudando.

André disse...

Ora gaita! A mim, que tenho aqui uns vasos para encher, ninguém vem deitar terra à porta :(