8.7.09

Obrigada mesmo, ó pessoal!


Este ano mudei de trabalho e de cidade duas vezes. E ambos para melhor, felizmente.

Onde estive antes não interessa, porque prefiro dar importância às coisas boas e é assim que quero viver.

Aqui na terra dos melões, dos touros e dos pampilhos (é também um bolo bem bom!) fui muito bem recebida. Com sorrisos, com interesse, com vontade de integrar alguém que vinha de longe, de uma terra que muitos nem sabiam bem onde ficava. Alguém que estava sozinha... Isto tanto na escola como na rua, no cabeleireiro ou no supermercado.

Ao fantástico povo ribatejano tenho que agradecer o calor com que me receberam, além da alegria e do amor à liberdade que o caracterizam.

Então obrigadinha pessoal! E por mim continuo por cá mais algum tempo.

Nota de Redacção: E um agradecimento muito especial para a ribatejana mais fixe de todas, a grande Marilu!

6 comentários:

Sofia Feliz disse...

De repente lembrei-me daquela música dos Ena pá 2000!

"Marilu, diz-me que és mesmo tu..."

Ainda bem que te sentes bem por aí.

Angelo disse...

E que bom é saber de tudo isto!

marta disse...

Pampilhos é bom, confirmo!

Também já fui muito bem recebida no Ribatejo, morei lá alguns anos, e foi de lá que trouxe muito bons amigos!
Também conheci gente que não interessa a ninguém, é verdade, mas valeu mesmo pelos amigos!!

Ynnê< disse...

Este blog é fantástico! Adoreeeeiiiiiiiiiii :)
* Ynnêz de Lima

Paulo disse...

no meio de tanta azáfama, o que importa é seres bem recebida e sentires-te bem e profissionalmente realizada. quanto ao resto, espero que também!

abraços

pinguim disse...

É sempre bom sabermos ser gratos quando nos recebem bem numa terra que não é nossa; sucedeu comigo, quando permaneci 4 anos em Serpa; ainda hoje lá volto sempre com saudades...
Beijo.