1.7.09

Pessoas!


Imagem daqui... muito interessante, vejam!

Gosto de vestidos, botas e carteiras. Gosto de ler e gosto de navegar na internet. Gosto de museus e também de restaurantes acolhedores. Gosto da praia, de havaianas e do pôr-do-sol. Gosto de muitas coisas diferentes...

Mas do que eu gosto mesmo, mesmo, é de pessoas. Com elas aprendo, com elas me sinto uma parte de um todo. Rio às gargalhadas, choro, emociono-me... Sinto.

E, abençoados sejam os céus, ao longo da minha vida tenho tido a sorte de encontrar algumas fantásticas. Pessoas plenas, generosas, de alma grande. Algumas originais, outras nem por isso. Mas todas elas me foram acrescentando algo, ajudando (afinal!) a construir a Celeste de hoje.

Que venham mais, que nós sozinhos somos muito pequenos.

E as outras? Óh, essas não interessam, e já nem me lembro delas.

2 comentários:

pinguim disse...

Gostei tanto deste teu texto, caramba...
Beijinho.

Sofia Feliz disse...

Como eu te entendo, Celeste!

O que mais gosto na minha profissão é de conhecer jovens de todos os feitios e cores, partilhar com eles vivências e saberes, ser o ombro amigo sempre que precisam e também lhes dar na cabeça quando é preciso!

Devo dizer que os casos mais problemáticos de temperamento e de comportamento são sempre os que mais me fascinam. Conseguir levar o ano escolar até ao fim sem que eles desistam de lá estar é sempre uma vitória.

Quanto às "outras", devo dizer que na sala de professores o ambiente às vezes é hostil, principalmente as professoras velhas, dos 50 anos para cima, que olham de alto a baixo os outros e quase nunca dizem bom dia.

Nas reuniões ouve-se cada barbaridade da boca de quem ainda viveu num regime de ditadura e onde as reguadas e castigos eram o prato de cada dia. Estão cada vez mais distantes do mundo real...