18.7.08

E continuando numa de aniversários...


Imagem daqui
Este grande amante da liberdade faz hoje 90 anos. Uma figura incontornável da história mundial e um grande senhor.

Mas muito, muito mais importante para mim é a minha avózinha, que nasceu a 18 de Julho de 1912 numa aldeia chamada Mosteiro de Fráguas. Lá onde ela está, completa hoje 96 anos, e deixou-me pouco antes de fazer os 91.


Imagem daqui
Era uma pessoa muito calma e ponderada, que fazia tudo ao seu próprio ritmo. Tinha uma paciência de Jo para me aturar a tropeçar nos bancos, a falar com os vizinhos da varanda, a fugir quando não queria a fralda. E foi com ela que aprendi as coisas mais importantes da vida: os cheiros, os sabores, os sons, os primeiros passos...

Era a pessoa que melhor conhecia a Celeste criança, e que mais (melhor, talvez) a amava. Lá onde estiver, sabe certamente o quanto a amo e a falta que me faz.

Parabéns vózinha, um grande beijinho!


2 comentários:

Sofia disse...

Um grande beijo para todos os avós do mundo, os deste e do outro também.
Os avós são poços de ternura e dedicação, para além do exemplo e das vivências que nos podem transmitir!

Beijos!

Ju disse...

Eu tenho tantas saudades da minha...
É tao bom termos recordações felizes das nossas avós :)
B.Ju